Rendimento: 06 porções

Ingredientes:

1 xícara de arroz integral

3 xícaras de água quente

1 cebola picada

1 cenoura em cubos

10 vagens picadas

1 espiga de milho (retirar os grãos)

½ xícara de uva passa (opcional)

5 colheres (sopa) de azeitona verde

Salsinha picada

3 colheres (sopa) de Óleo de Linhaça Dourada com Cúrcuma

Preparo:

– O segredo do arroz integral é tostar o grão (sem óleo) na panela quente até fazer um cheiro como se fosse “pipoca”. A partir de então, acrescentar a água quente e colocar para cozinhar (sem sal). Cozinhe em fogo baixo. Reserve.

– Enquanto o arroz cozinha, preparar o refogado: a cebola em cubinhos em uma colher de sopa do Óleo de Linhaça Dourada com Cúrcuma. Colocar as cenouras e as vagens e quando elas ficarem macias misturar o milho. Acrescentar um pouco de água se necessário. Cozinhe até ficar macio. Ou se preferir, cozinhe tudo no vapor.

– Quando o arroz estiver pronto, acrescentar o refogado, a azeitona, a uva passa a salsinha. Por último, colocar o restante do Óleo de Linhaça Dourada com Cúrcuma. Pronto!

– Quem preferir, preparar na panela de pressão: utilize 2 ½ xícaras de água quente e quando começar a pressão contar 15 minutos e depois esperar a pressão terminar naturalmente. Pronto!

Dica: Integral vem de íntegro, de inteiro, trabalha com valores como a pureza, honestidade, e ética. Quando comemos um produto refinado, é como se estivéssemos comendo um produto mentiroso ou no mínimo, questionável para a nossa saúde. Pense nisso!

O arroz integral é inteiro com todas as suas propriedades.  O polimento do arroz retira o gérmen e o farelo – que são ricos em proteínas, vitaminas do complexo B, fósforo e ferro. Contém mais fibras, vitaminas e principalmente magnésio!!!

Esse arroz integral vai revolucionar a sua vida! Fazer o arroz integral nessa técnica de “pipocar” o grão antes permite que a água penetre e deixa o grão macio. Também é importante cozinhar sem sal para não endurecer o grão. Experimente e faça as suas próprias combinações! Bom proveito!