Se você está na menopausa e sente efeitos indesejáveis como: ondas de calor, suor excessivo, sensibilidade nos seios e outros, temos uma ótima notícia! O óleo de borragem, é um composto natural que pode ajudar a combater todos os sintomas dessa fase e também no climatério, que é o período que antecede a menopausa. Saiba mais sobre esta substância e como ela pode te ajudar e ter uma vida mais confortável:

O que é o óleo de borragem?

O óleo de borragem é uma substância extraída da planta Borago officinalis, conhecida como borragem, que é a fonte natural mais rica do ácido gama-linoleico ou GLA (entre 17 e 25% da sua composição). Depois de absorvido pelo corpo, o GLA é convertido em prostaglandinas e serve para ajudar a regular o sistema imunológico, combater inflamações, aliviar sintomas de doenças autoimunes, doenças de pele, além de minimizar a tensão pré-menstrual, cólicas e outras condições inflamatórias.

Como tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, o óleo de borragem auxilia no tratamento de diversas condições de curto e longo prazo na mulher. Muitas mulheres que começaram a tomar o óleo de borragem disseram ter alívio dos sintomas da tensão pré-menstrual como a sensibilidade mamária, ansiedade, erupções cutâneas, estresse e cólicas. O óleo de borragem também se mostrou eficaz no tratamento da endometriose, dos sintomas da menopausa, incluindo os suores noturnos e até no aumento da produção do leite materno.

edible-blue-borage-flowers-from-organic-gurlz-gardens-fort-wayne-indiana

Conheça mais sobre os benefícios deste óleo:

1 – Anti-inflamatório natural

Por ser um ácido graxo poli-insaturado (PUFA), o GLA encontrado no óleo de borragem, é conhecido por ter um efeito positivo contra a inflamação, na saúde geral e nos mecanismos antienvelhecimento. Os ômega-3 e 6 (ácidos graxos poli-insaturados) desempenham um papel importante na luta contra esta condição pois ajudam a controlar a liberação de moléculas responsáveis pelas respostas inflamatórias do corpo (algumas sendo prostaglandinas, leucotrienos e citocinas). Além de controlar as respostas imunes, o GLA tem efeitos positivos sobre a morte celular (apoptose) para células tóxicas. Uma vez que entra no corpo, o GLA é convertido em uma substância chamada ácido dihomo-y-linolênico (DGLA). Isso libera as prostaglandinas e compostos de leucotrienos que o sistema imunológico produz. Além disso, acredita-se que a substância DGLA reduz a inflamação inibindo a síntese de leucotrienos (parcialmente responsáveis por causar reações autoimunes).

 

2 –  Eczema e distúrbios da pele

Um dos usos mais bem pesquisados para o óleo de borragem é o tratamento de doenças inflamatórias da pele, como o eczema. O GLA (o ácido gama-linolênico) demonstrou corrigir as deficiências nos lipídios da pele causados por baixos níveis de atividade do delta-6-dessaturase. Quando a pele não produz estes óleos protetores em quantidade suficiente, o resultado é um sistema imunológico desregulado, maiores riscos de inflamações e respostas imunes que resultam em problemas de pele, incluindo os típicos do eczema.
oleo-de-borragem-poderoso-aliado-da-saude-da-mulher

3 –  Gordura e aumento do peso

Se você luta para perder peso, uma boa notícia: há evidências de que o GLA do óleo de borragem causa menor acúmulo de gordura corporal em comparação aos óleos vegetais refinados. Segundo os cientistas, a explicação é que as pessoas magras tendem a ter mais gordura marrom do que pessoas obesas (ou com excesso de peso). Sendo assim, esta gordura marrom pode atuar mais como músculo do que com a gordura branca. Nesse caso, o GLA reduziu o acúmulo de gordura corporal através de um aumento dos genes que controlam o crescimento do tecido adiposo marrom em comparação com o crescimento do tecido adiposo branco. Essa foi a conclusão de um estudo realizado pelo Laboratório de Bioquímica Nutricional em Ibaraki, Japão.

oleo-de-borragem-poderoso-aliado-da-saude-da-mulher24 – Antioxidante

O óleo de semente de borragem possui propriedades antimutagênicas e antioxidantes que podem combater o crescimento de células cancerosas. Em estudos laboratoriais, o óleo de borragem reduziu a vida útil das células tóxicas e prolongou a vida útil das células saudáveis. A suplementação de óleo de borragem é recomendada para proteger o DNA e tratar o câncer naturalmente devido à sua capacidade de diminuir o dano genético oxidativo subjacente (que causa inflamação e desenvolvimento desta doença).

5 – Artrite

O GLA do óleo de borragem pode funcionar como um remédio natural para a dor da artrite reumatoide, especialmente quando usado em combinação com outros analgésicos convencionais ou medicamentos anti-inflamatórios. Há evidências de que algumas pessoas perceberam uma diminuição do inchaço e da dor nas articulações com seis semanas de tratamento regular com o óleo de borragem.

6 – Infecções Respiratórias

O óleo de borragem pode ajudar a melhorar a função dos pulmões, inclusive em pessoas com infecções respiratórias inflamatórias e distúrbios como a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA). Os suplementos de óleo de semente de borragem, tomados em forma de cápsula, podem ajudar a acelerar o tempo de cicatrização associado a tosse, melhorar o resfriado comum ou gripe, reduzir o tempo gasto no hospital e evitar o uso de medicamentos para inflamação, o que pode piorar os sintomas respiratórios.

7 –  Crescimento

Estudos realizados em Food and Chemical Toxicology, mostraram que crianças que fizeram uso do óleo de borragem, têm melhores taxas de crescimento e desenvolvimento. E mais: complementar a alimentação com ácidos graxos do óleo de borragem e suplementos benéficos de ômega 3, pode ajudar no desenvolvimento do sistema nervoso central e reduzir os riscos associados aos partos prematuros.

oleo-de-borragem-poderoso-aliado-da-saude-da-mulher1

Mas como ingerir o óleo de borragem?

Como o corpo não produz este ácido graxo essencial ômega-6, o ideal é ingeri-lo através de suplementos (prensados a frio) ou na alimentação. Ao utilizar suplementos, opte por produtos certificados para garantir que ele esteja livre de alcaloide pirrolizidínico, uma toxina cancerígena que ataca o fígado. É que essa planta produz alcaloide pirrolizidínico naturalmente e deve ser tratada antes do consumo. O tipo de extração mais segura é quando as sementes são prensadas a frio para extrair o óleo!

No caso das mulheres que estão na fase da menopausa, é interessante otimizar ainda mais os efeitos benéficos do consumo de óleo de borragem, associando o seu uso a doses de magnésio, vitamina D, e cálcio, isso irá ajudar a evitar o risco de osteoporose, que se torna maior nesta fase da vida.

Na natureza, o ácido gama-linolênico (GLA) do óleo de borragem, está presente em quantidades muito pequenas em algumas plantas comestíveis, como vegetais de folhas verdes e certas nozes. Ele também pode ser passado para o bebê através do leite materno.

Então, se você está entrando na menopausa ou passando por essa fase, experimente inserir o óleo de borragem na sua dieta e compartilhe sua experiência com a gente!

TPM, Menopausa e o Universo Feminino

Saiba mais sobre o Universo Feminino, TPM, Menopausa, o que esperar delas e os cuidados a tomar para minimizar seus efeitos e melhorar muito sua qualidade de vida!

Baixe gratuitamente o e-book: TPM, Menopausa e o Universo Feminino

Baixe nosso E-book grátis