Cupom 15% OFF
Procurando data

antiviral

Saúde 8 de julho de 2020

O poder da própolis verde na imunidade. Saiba tudo!

A própolis é um complexo variado, formada por uma substância resinosa e balsâmica obtida pelas abelhas através da coleta de exsudatos de ramos, flores, pólen e brotos de diferentes espécies de plantas. Essas resinas quando entram em contato com a saliva das abelhas na colmeia são alteradas por enzimas próprias das abelhas e culminam com a formação da própolis final.

Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem, Isso é Vital 7 de junho de 2016

Própolis verde – por um inverno livre de resfriados

O uso medicinal da própolis tem uma longa história que data de 350 a.C. Os gregos usavam a própolis para tratar abscessos; os assírios usavam para curar feridas e tumores e egípcios usavam para a mumificação. Na Europa, a própolis era usada para aliviar a inflamação e febre, e na Segunda Guerra Mundial foi usada para tratar as feridas sofridas na batalha. A própolis ainda tem muitos usos medicinais hoje e a cada dia vem mostrando sua eficácia como potencializador da imunidade, anti-inflamatório, antibacteriano, antiviral, antioxidante, e antitumoral.

própolis é utilizada para aftas e infecções causadas por bactérias e por vírus, por fungos e por organismos unicelulares chamados de protozoários. A própolis também é usada para o câncer de nariz e garganta; para estimular o sistema imunológico; e como coadjuvante no tratamento de problemas gastrointestinais, incluindo a infecção por Helicobacter pylori, na doença de úlcera péptica.

No inverno, com tanta instabilidade climática – ora sol, ora vento gelado, ora chuva – nossa imunidade acaba sofrendo uma queda e dá espaço à proliferação de bactérias existentes em nosso organismo, que fica suscetível a gripes, resfriados e inflamações causadas por essas bactérias. Outro fato que não nos atentamos, é que no frio tendemos a ficar mais juntinhos, com as janelas dos ambientes fechadas, o que favorece também a proliferação de bactérias e a transmissão de vírus.

A própolis verde rica em Artepillin C, aliada a uma alimentação balanceada e noites bem dormidas, pode auxiliar no fortalecimento da imunidade e combate de possíveis gripes e inflamações.

Artepillin C

Você sabia que o Artepillin C isolado a partir da própolis verde brasileira, possui várias atividades, tais como antimicrobiana, indutora de apoptose, imunomoduladora, antioxidante, anti-inflamatória e, mais importante, as propriedades antitumorais?  Com base na literatura científica, polifenóis e “ácidos”  encontrados naturalmente na própolis verde, estão sendo estudados para ajudar a reduzir o risco de várias doenças que ameaçam a vida.

Os japoneses descobriram – e patentearam – o efeito anticancerígeno da própolis verde, cuja principal substância responsável por este efeito é Artepillin C.

“Uma das atividades biológicas que este composto apresenta é a indução da morte das células cancerígenas sem afetar as células normais”, afirma o químico alemão Andreas Gausch.

A própolis verde aliada a uma vida leve e feliz, não há inverno que chegue perto de sua imunidade!

Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem, Isso é Vital 11 de maio de 2016

Própolis verde, uma das melhores do mundo

Que tal conhecer um pouco mais sobre a própolis verde, considerada por muitos povos como o “elixir da vida” e uma das melhores própolis do mundo?

– A própolis verde é uma substância produzida por abelhas e encontrada apenas no sudeste do Brasil. Por isso, além de ser 100% Vital, é 100% brasileira;

– A origem da própolis verde é a planta Baccharis dracunculifolia, conhecida popularmente como alecrim-do-campo ou vassourinha;

–  A própolis verde é uma das mais bem cotadas no mercado internacional. Países asiáticos, especialmente o Japão, que seguem a medicina preventiva, são os grandes importadores desse tipo de própolis brasileira, que é rica em uma substância conhecida como artepellin C;

– As abelhas utilizam a própolis para diversas funções, como impermeabilização da colmeia, isolamento térmico, vedação, tratamento antisséptico, proteção contra insetos e microrganismos, além de manutenção e assepsia do local em que a abelha rainha se reserva;

–  A palavra própolis tem origem grega: “pro”, que significa “defesa”, e “pólis”, que significa “cidade ou comunidade”. Dessa forma, pode ser traduzida por “em defesa da comunidade”;

– A utilização da própolis para funções de defesa da imunidade data de séculos atrás.  Os primeiros indícios surgiram em 300 a.C. Os egípcios a utilizavam a própolis para embalsamar cadáveres por suas propriedades anti-putrefativas e médicos gregos e romanos, como Aristóteles, Dioscorides, Plínio e Galeno, também já reconheciam seus  benefícios medicinais;

– Alguns fatores são de extrema importância na determinação das propriedades imunológicas da própolis, tais como: origem geográfica da planta coletada, forma de extração dos compostos bioativos, tipo de solvente utilizado e combinação de produtos que conferem efeito sinérgico aos benefícios da Própolis, como o gergelim;

– A melhor forma de extração da própolis verde para o consumo é o método Wax Free, que retira as impurezas presente na própolis, deixando apenas os componentes mais puros. O resultado é uma própolis mais pura e segura para consumo, apresentando apenas a alta concentração de ativos principais que podem ajudar na manutenção da boa saúde, como os flavonoides;

–  Entre as principais propriedades biológicas da própolis verde estão as ações antimicrobiana, antifúngica, antiprotozoária, antioxidante, antiviral, cicatrizante, anestésica e anticariogênica.

  •       Para que serve a própolis?

Como benefícios para os humanos, a própolis pode ser usada para auxiliar a potencializar a saúde e para ajudar na prevenção de doenças, já que é uma grande aliada da imunidade do corpo. Confira suas principais funções:

– Ação antifúngica: a própolis é indicada para auxiliar no tratamento de diversos tipos de fungos, sobretudo para tratar problemas no couro cabeludo, na região genital, micoses e frieiras em geral;

– Ação antibacteriana: a eficiência da própolis para combater as bactérias nas colmeias também pode ser usada em favor humano, apresentando, ainda, uma vantagem extra: diferentemente do que ocorre com os antibióticos produzidos em laboratórios, as bactérias não desenvolvem resistência à própolis. Por isso, é indicada para tratar doenças como anginas, amidalites, faringite, laringite, gengivite, estomatites, abcesso dentário, sinusites, bronquites, pneumonias, gripes, rinites e muitas outras;

– Ação antiviral: além de ser muito indicada para o tratamento de bactérias, a própolis mostra-se muito eficiente para combater alguns tipos de vírus, como os que causam herpes, gripes, resfriados, conjuntivite e dores de garganta;

– Ação antioxidante: a própolis apresenta também a ação contra os radicais livres que causam o envelhecimento de células e preserva a ação de outro importante antioxidante para o corpo, a vitamina C;

– Ação cicatrizante: por ser rica em flavonoides e aminoácidos, substâncias conhecidas pela ação regeneradora de tecidos do corpo, a própolis pode ser eficaz em tratamentos de feridas, dermatites, queimaduras e úlceras;

– Ação analgésica: a própolis também pode ser indicada para o alívio de dores graças à sua função anestésica, podendo auxiliar no combate de dores de garganta, dente e muitas outras.

Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem, Isso é Vital 23 de fevereiro de 2016

Própolis verde, saúde de ouro!

Por suas diversas propriedades biológicas benéficas à saúde, tais como propriedade antitumoral, antioxidante, anti-inflamatória, antisséptica, antimicótica, bacteriostática, adstringente, anti ulcerosa, colerética, espasmolítica e propriedades anestésicas, a própolis verde foi denominada “o ouro verde” da medicina. Leia mais […]

css.php