Cupom 15% OFF
Procurando data

exercícios conscientes

Eu Bem Melhor 11 de dezembro de 2018

Treine sua mente e se supere na atividade física

Ah, hoje eu não vou porque está chovendo. Amanhã eu não posso porque as crianças entram mais cedo na escola. Bom, ontem eu não fui então não adianta nada ir hoje. Segunda-feira eu começo.

Quem nunca usou essas desculpas para não fazer uma atividade física? A gente sabe, não é fácil trocar o travesseiro pelo tênis de corrida, mas é possível preparar a mente e parar de dar desculpas para si mesmo.

Qualidade de vida, Saúde 12 de julho de 2018

Benefícios do ômega 3 que todos os atletas precisam conhecer

Praticar exercícios é uma ótima maneira para ter corpo e uma mente saudáveis. Mas para algumas pessoas, como os atletas, a atividade física exige muito mais do organismo, fazendo com que eles se preocupem ainda mais com a saúde.

A boa notícia é que o ômega 3 pode ajudar atletas profissionais de várias formas: pode fortalecer os ossos, melhorar o desempenho dos músculos, aliviar as dores do pós treino e muito mais.

Saiba mais:

Bem estar 12 de fevereiro de 2017

Atividades de verão, muito além dos exercícios físicos

A chegada do verão aguça o nosso romance com o exterior e com a natureza. Quer se trate de um simples passeio ao anoitecer, um passeio de bicicleta, uma manhã de jardinagem ou uma tarde na piscina, esta temporada parece motivar-nos a jogar, explorar e a nos mover mais do que em outras épocas do ano.

Saúde 18 de janeiro de 2017

Atividades físicas na gestação

Gestantes se preocupam em dobro com a saúde! Além de irem ao médico fazer o pré-natal e de tomarem suas vitaminas e ômega 3, as gestantes devem procurar viver um estilo de vida saudável e ativo para que tenham uma gravidez calma, um parto com um mínimo de intercorrências e um puerpério equilibrado, para isso, é muito importante a prática de exercícios físicos bem direcionados e adequados para a futura mamãe.

Destaques, Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem, Isso é Vital 10 de março de 2016

Os surpreendentes benefícios de andar descalço

Andar descalço é como descobrir uma nova fonte de juventude. Quando nossos pés, joelhos, quadris e costas já não ficam mais sem dor, estamos mais propensos a ser ativos novamente. Você vai se sentir mais jovem, seu corpo vai agir como se estivesse mais jovem, e você vai ficar mais forte e mais ativo do que você já esteve há muitos anos! Sua mente se tornará mais nítida e sua concentração mais específica.

Andar descalço funciona como despertar uma luz, passo natural no corpo, através da mensagem que recebemos dos nossos pés tocando o chão. Há menos impacto e pressão do que quando calçados, andar descalço reaviva músculos que ficam atrofiados em nossos sapatos, desperta terminações nervosas e nosso sistema de equilíbrio, estimula pontos de reflexologia na parte inferior de nossos pés, e ainda tem benefícios anti-inflamatórios através do aterramento. Isso tudo significa um corpo mais forte, menos dor nas articulações, melhor postura, mais mobilidade, mais saúde e maior liberdade.

Aqui estão alguns dos principais benefícios para a saúde:

  • Maior equilíbrio

Ao sentir o chão, as pessoas começam a despertar o sistema vestibular (sistema de equilíbrio) do cérebro, estimulando novas conexões neurais e remapeamento de suas mentes para um maior equilíbrio. Para os idosos isso é fundamental, porque uma queda ou fratura do quadril pode levar a um declínio gradual na saúde.

  • Maior força

Ao andar com os pés descalços começamos a despertar novos músculos, tanto para o equilíbrio quanto apoio.

  • Pés mais saudáveis

O corpo trabalha sob o princípio use-o ou perca-o. Se você usa algo, você o mantém, se não usa, ele atrofia. Quando as pessoas começam a andar com os pés descalços, os pés despertam e começam a se fortalecer novamente.

  • Menos problemas para os pés

Conforme fortalecemos os pés, a fascite plantar diminui, neuromas do pé vão embora e as joanetes começam a se dissipar. Mesmo a artrite começa a se curar lentamente à medida que os pés desenvolvem mais força, flexibilidade e fluxo sanguíneo.

  • Maior circulação

Andar descalço não só acorda os músculos dormentes dos pés e pernas, como aumenta o fluxo de sangue para estas áreas. Este aumento do fluxo sanguíneo significa menos dores, menos varizes, os pés e  as pernas mais quentes no inverno.

  • Melhor postura

Pelo fato de andarmos sempre calçados, somos forçados a projetar nossos quadris para trás e para a frente, forçando nossas costas, parte superior das costas, ombros e pescoço para evitar possíveis quedas. Uma vez que estamos descalços, podemos começar a reverter isso. Ao sentir o chão, as terminações nervosas na parte inferior de nossos pés começam a nos enviar informações de equilíbrio. Além de melhor postura e equilíbrio, reduzimos muito todo o estresse e tensão em nosso corpo.

  • As crianças mais saudáveis

Saúde começa com os pés. A Associação Pediátrica Americana recomenda manter as crianças descalças o maior tempo possível, porque os sapatos enfraquecem e deformam os pés. Mantenha-os descalços e eles serão saudáveis! Não só isso, mas o ato de sentir o chão fortalece os seus sentidos e ajuda remapear o cérebro. De acordo com Dr. Merzenich, um dos maiores neuroplásticos do país, a estimulação de andar descalço ajuda a melhorar a memória, atenção, concentração e inteligência!

  • Diminuição da pressão arterial

Estudos mostram que, ao estimular as terminações nervosas na parte inferior dos pés, podemos diminuir a pressão arterial e a ação do cortisol. Em outras palavras, diminui o estresse e inflamação por todo o corpo.

  • Reduz a inflamação

Por último, mas não menos importante, andar descalço demonstrou reduzir a inflamação. De acordo com muitos estudos recentes, a inflamação é a causa número um de doenças no século 21 (doenças a de Alzheimer, artrite, autismo, câncer, doenças cardiovasculares, diabetes, asma, anemia, lúpus, esclerose múltipla, e todos relacionados com a inflamação). Uma solução possível pode ser o aterramento, o processo de redução da inflamação, caminhando, em pé ou mesmo sentado com os pés descalços no chão.

Estudos têm demonstrado que os radicais livres, agem nos responsáveis ​​pela inflamação transportando uma carga positiva. Embora essas partículas de carga positiva desempenhem um papel importante em nosso sistema imunológico – a resposta de cura, se não temos uma maneira de drená-las, elas se acumulam em nossos corpos, criando excesso de inflamação e danos em células e tecidos.

Enquanto isso, a terra naturalmente carrega uma carga negativa grande. Esta é a diferença de polaridade ou carga entre seu corpo e outro, é por isso que você leva choques no inverno, ao tocar em outro objeto. É a forma do seu corpo descarregar essa carga indesejada. O contato direto com o solo também nos permite descarregar os radicais livres.

  • Benefícios de reflexologia

Reflexologia é o processo de estimular nervos na parte inferior dos pés para estimular o sistema imunológico, reduzir a inflamação e dor, reduzir a pressão sanguínea, reduzir o stress e tensão, e para estimular a muitos outros processos de cicatrização do corpo. Estudos têm mostrado grandes benefícios de reflexologia em andar descalço e estimular as solas dos pés.

Destaques, Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem, Isso é Vital 4 de fevereiro de 2016

Hábitos que te deixam mais feliz

Felicidade e saúde andam juntas – dizem os pesquisadores, que após estudos descobriram que pessoas felizes adoecem menos e são mais produtivas.

“Uma boa nutrição beneficia o corpo por dentro e por fora. Ela desempenha um papel fundamental na prevenção e gerenciamento de doenças crônicas, doenças que provocam excesso de peso e resfriados”, disse Melissa Wdowik, professora assistente no Departamento de Ciência dos Alimentos e Nutrição Humana da Universidade Estadual do Colorado.

“Tão importante quanto isso, comer saudavelmente aumenta a energia, melhora a autoestima, promove o humor e reduz o estresse. Tudo isso acabará por elevar a produtividade e reduzir os custos com cuidados de saúde.”

Existem alguns alimentos que contêm dentro de suas proteínas um aminoácido chamado triptofano, que é um precursor da serotonina, o hormônio da alegria.

Algumas pequenas mudanças nos hábitos diários podem fazer uma grande diferença:

1. Coma alimentos ricos em triptofano

O triptofano é um precursor da serotonina, e é encontrado em alimentos como frango, ovos, peixe, nozes, sementes de girassol, sementes de abóbora e o óleo de semente de abóbora.

Ovos também são ricos em triptofano – que fica diretamente envolvido na síntese de serotonina.

Frutas frescas, cereais integrais e leguminosas tem uma grande quantidade de fibras e são ideais para ajudar no tratamento de quadros de depressão e podem neutralizar a ansiedade.

Nozes, amêndoas, avelãs, têm triptofano na sua composição química.

2. Procure comer alimentos fermentados diariamente, como iogurte, leite cru e kefir

Estes alimentos ajudam a absorver os nutrientes necessários para a produção de serotonina e ajudam a manter seu intestino saudável – onde a maior parte da sua serotonina reside.

3. Evite açúcar

Açúcar dá uma satisfação temporária (pois provoca uma imediata liberação de serotonina), porém tem muitos efeitos negativos, incluindo atrapalhar as bactérias no seu intestino, que em última instância pode esgotar a sua serotonina.

4. Mova-se

Mover seu corpo aumenta a sua serotonina e outras endorfinas. É por isso que um exercício vigoroso que faz você suar, pode lhe dar uma enorme sensação de prazer, porém, mesmo uma curta caminhada pode melhorar significativamente o seu humor!

5. Tome um sol

Há muito tempo nos dizem para evitar o sol, mas o sol é um impulsionador da serotonina. É saudável obter um pouco de sol por dia, uma pequena dose diária é uma poderosa receita para uma boa saúde.

6. Faça ioga e meditação.

Estresse rouba sua serotonina, sua energia e sua saúde. Ioga e meditação acalmam o seu corpo e sua mente – impulsionam a sua serotonina e trás muitos outros efeitos positivos.

7. Durma bem e suficiente!

A qualidade do sono permite que seu corpo pare, repare e reequilibre. A maioria dos adultos precisam de sete a nove horas de sono por noite, e você terá o melhor sono se você deitar em seu travesseiro entre 22h00 e 23h00.

8. Faça uma massagem

Uma investigação descobriu que massagens podem aumentar a serotonina e dopamina, enquanto diminuem o hormônio do estresse, cortisol.

9. Passe um tempo com quem você ama

Compartilhar seu tempo e se divertir com quem você gosta eleva seus batimentos cardíacos, auxilia na produção de outros hormônios e faz tudo ficar melhor!

Claro, existem muitos outros impulsionadores de serotonina naturais –  desde chocolate amargo (que não incluímos aqui porque leva a maioria das pessoas a consumir açúcar, derrotando a finalidade), até ervas naturais e suplementos.

Todos nós podemos ser mais felizes se paramos de sempre associar serotonina com prescrição médica e começarmos a associá-la com as nossas escolhas de vida. Escolha saúde, a vitalidade é certa!

Qualidade de vida, Saúde 18 de janeiro de 2016

Ômega 3 e a prática esportiva

Em busca de uma boa performance, muitos atletas fazem uso de suplementos que ajudam a melhorar o desempenho. Estes suplementos podem proporcionar uma variedade de benefícios, tais como auxílio do aumento da força, potência, velocidade, resistência, até mesmo alteração de peso corporal, e o óleo de linhaça (contendo o ácido graxo ômega 3) pode ser considerado um poderoso aliado na melhora do desempenho do atleta.  

Os ácidos graxos ômega 3 são gorduras essenciais necessárias para uma variedade de funções fisiológicas importantes, que incluem a melhora das habilidades cognitivas, incluindo o tempo de reação, tomada de decisão, concentração, memória e estabilizador do humor. Seu corpo precisa desta gordura indispensável para as membranas celulares e para a função normal do cérebro e visão!

Uma constante queixa dos atletas é o aumento do estresse oxidativo muscular e respostas inflamatórias após exercícios e é bem sabido que o exercício exaustivo pode levar a fadiga, dor muscular de início retardado e até mesmo um decréscimo no desempenho. Estes fatos os tornam cada vez mais adeptos do uso destes ácidos graxos, visando, além de uma melhor performance, uma recuperação muscular mais rápida.

Confira alguns dos grandes benefícios do Ômega 3 na suplementação para a prática esportiva:

Rápida recuperação

Altos níveis de inflamação podem contrariar alguns dos efeitos positivos do exercício sobre a sensibilidade à insulina e outros benefícios metabólicos. Se a inflamação permanece elevada após o exercício, pode impactar negativamente a dor muscular, a reparação tecidual e outros aspectos da recuperação.

O ômega 3 também pode abrandar o processo de recuperação do corpo e reparação tecidual. Os ácidos graxos são conhecidos por suas propriedades anti-inflamatórias. A suplementação com ômega 3 significa menos inflamação – que por sua vez faz com que você volte mais cedo aos treinos!

Auxílio na redução da dor muscular

O ômega 3 auxilia no fluxo sanguíneo para os músculos durante o exercício, e alguns estudos mostram que a suplementação auxilia a diminuir a dor muscular em 35%. Assim, os atletas que ingerem ômega 3 experimentam menos inchaço e aumento da amplitude de movimento depois de um treino.

Função cardiovascular

O ômega 3 ajuda a melhorar os parâmetros cardíacos durante o exercício, reduzindo a frequência cardíaca e melhorando o fornecimento de oxigênio para o coração.

Queima de gordura

Os estudos também mostram que o aumento dos níveis de ômega 3 aumenta a sensibilidade à insulina, o que colabora na queima de gordura nos músculos e inibe o armazenamento de gordura. Comprovam também que o ômega 3 pode regular o crescimento muscular e ajuda durante longos períodos de descanso, diminuindo a perda de músculo e osso. Isso poderia se aplicar para os atletas durante os intervalos de treino ou repouso devido à lesão, onde a perda de massa muscular pode ser significativa.

  Pensado para você!
12546242_1031942660181004_1618328469_o (1)

Pensando na manutenção da boa saúde e bem-estar, desenvolvemos um mix de óleos de Linhaça, Pepitas de Girassol e Gergelim prensados a frio, rico em ômegas 3, 6 e 9.
Você sabe a importância da prensagem a frio? Quando prensado a frio, os componentes mantem todas as propriedades funcionais e nutritivas!
Opte pelo melhor, isso é Vital.

Destaques, Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem 28 de novembro de 2012

Bom humor e alegria com óleo de linhaça!

Sentir-se indisposto de vez em quando é normal. Aquela tristeza que, por vezes, não sabemos muito bem de onde vem e que passa no dia seguinte não é motivo para preocupação. Porém, quando o baixo-astral domina nossa mente e corpo, impedindo-nos de realizar as atividades mais corriqueiras, o melhor a se fazer é procurar um especialista, pois esse pode ser um sintoma da depressão, uma doença que pode afetar pessoas de todas as idades e que se caracteriza pela perda do prazer nas atividades diárias, além de alterações cognitivas, psicomotoras e sociais.

Porém, a boa notícia é que a depressão pode ser tratada de maneira simples e 100% natural: alimentos ricos em ômega 3, como a linhaça, funcionam como antidepressivos naturais. “”Quando ingerimos a linhaça, ocorre uma ação em nosso organismo que melhora a função cerebral, podendo auxiliar diversos tipos de tratamentos, entre eles a depressão””, explica Larissa Marin, nutricionista da Vital Âtman.

E, além de poder tratar doenças como a depressão, a linhaça pode ser um ótimo método preventivo contra essa e outras doenças. ““Uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes essenciais à saúde, como o ômega 3, presente na linhaça,  pode trazer muitos benefícios a todo o corpo””, afirma Larissa.

 

Destaques, Eu Bem Melhor, Faz Bem Estar Bem 23 de outubro de 2012

Consciência na hora de se exercitar

Corpo saudável e mente sã

Você conhece alguma dieta absurda? Do limão, da primavera, da sopa, do tipo sanguíneo… A lista de dietas mirabolantes aumenta a cada dia, assim como cresce o número de pessoas dentro das academias, buscando um corpo perfeito. Porém, mesmo com tantas opções para emagrecer, o que realmente se vê nas ruas é o aumento do índice de obesidade. Por que isso tem acontecido?

Segundo a fisioterapeuta Stella Barauna, uma das respostas está na ausência de uma alimentação equilibrada e da forma correta de se praticar exercícios físicos: “Querem emagrecer a todo custo, só pensam nisso e acabam se esquecendo da saúde, do equilíbrio e da conscientização corporal”. Para ela, o segredo da redução de medidas está “em uma alimentação saudável, equilibrada e aliada a exercícios físicos feitos de maneira totalmente consciente”.

Stella explica que é preciso prestar atenção no próprio corpo para perceber o que ele precisa. “É comum vermos muitas pessoas distraídas com seus fones de ouvido enquanto fazem caminhada. O exercício de caminhar é maravilhoso, porém, nesse momento, é preciso voltar a atenção para si, para a maneira de caminhar e de respirar, valorizando o movimento”, afirma. Por isso, a fisioterapeuta cita o pilates, que, apesar de não ser um exercício voltado à perda de peso, é excelente para a conscientização corporal, já que, nele, a atenção é sempre voltada à respiração adequada, à boa postura, ao fortalecimento muscular, à coordenação motora e, principalmente, à conscientização corporal: “Tenho alunos que praticam pilates como uma forma de terapia, pois sabem que esse é o momento de parar tudo e pensar em si, no alongamento do corpo e na respiração. Os resultados não podem ser melhores: além de corpo e mente saudáveis, esses alunos também melhoram sua qualidade de vida”.

css.php